Preso 10 mêses por dois homicídios que não cometeu, é colocado em liberdade após verdadeiro assassino confessar os crimes

A Justiça colocou em liberdade Raimundo da Silva Sousa, preso injustamente acusado de dois homicídios ocorrido em 16 de dezembro de 2018, o próprio Miniterio Publico requereu a impronuncia do acusado, o verdadeiro assassino foi preso em Bom Jesus da Selva, tendo confessado o duplo homicídio.

Raimundo, conhecido por Alice, falou que aos homicídios aconteceram em sua residência, ele no dia do crime estava em João Lisboa, as vítimas  Emanoel( Valquiria) e Gabriel, tinha um relacionamento e residiam em sua casa, o réu confesso também tinham relacionamento com Valquiria, os dois foram mortos golpes de picareta e a machadadas. 
O fato teve grande repercussão, tendo Ronaldo dos Reis matado a golpes de martelo os dois homens em um condomínio localizado no bairro Parque das Estrelas. As vítimas foram identificadas como Gabriel (18) e Emanoel, conhecido como “Valquíria” de 47 anos de idade.
Em seu depoimento, Ronaldo ainda disse que Emanoel era homossexual e queria ter relações consigo, momento em que decidiu ceifar a vida de Emanoel com golpes de martelo. Por fim, relatou resolveu matar a vítima Gabriel que se encontrava dormindo para não deixar testemunhas acerca dos fatos.

Raimundo, disse que seu advogado vai entra na Justiça.

Informações Blog Notícia Da Foto