Motociclista encontrado morto na BR 226, segundo seu irmão, foi assassinado com de disparos de arma de fogo

O motociclista encontrado morto na manhã de hoje (10), nas margens da BR 226, próximo ao povoado Pedra Branca, divisa dos municípios de Presidente Dutra e Tuntum, Antonio Benone Itabaiano da Silva, 49 anos de idade, segundo seu irmão José Itabaiano da Silva, não morreu de acidente conduzindo sua motocicleta Honda, de placa HPH-8167, mas sim por conta de dois disparos feitos por arma de fogo.As informações foram ratificadas por ele ao blog do Lobão, que disse que os disparos atingiram a região da cabeça e das costas. No momento que o blog contactou José Itabaiano, ele estava com o corpo da vítima no necrotério do hospital regional de Presidente Dutra (Socorrão) para a realização dos exames cadavéricos. Após a perícia, o corpo foi transladado para cidade de São Domingos do Maranhão. Antonio Benone era morador da rua do Gavião e frequentemente viajava ao povoado Cigana onde tinha uma propriedade nas suas imediações.

Em conformidade com o relato de José, ele havia saído para o devido povoado por volta das 14 horas desse domingo (09), sendo encontrado morto na manhã de hoje (10), deixando aparentar que o fato criminoso teria ocorrido no mesmo período, não na noite de ontem (09). Ele informou que não tem a menor ideia de quem teria matado seu irmão e a existência de motivos.Ainda de acordo com seus esclarecimentos, a fotografia da carteira de identidade publicada nas redes sociais não se trata de seu irmão, mas sim de uma pessoa desconhecida ao fato ocorrido.

Informações Blog Do Lobão