Polícia desarticula quadrilha que furtava mercadorias do Supermercado Mateus em São Luís

Uma operação desencadeada pela Superintendência de Policial da Capital (SPCC), por meio das seccionais e 12º DP, na noite dessa terça-feira (14), resultou na desarticulação de uma organização criminosa envolvida no furto de mercadorias do Supermercado Mateus. 

Dentre os integrantes do bando estão um empresário, um policial militar, um agente penitenciário e vários funcionários da rede de Supermercados Mateus.
Foram presos Antônio Marcos Cordeiro Guimarães, dono do mercadinho “O Barateiro”, localizado no Matões, na região do Turu; Antônio Marcos Cordeiro Guimarães, Pedro Ivo de Oliveira Filho, funcionário do Mateus, e Thiago  Silva Pereira. O agente penitenciário e o policial militar conseguiram escapar.
Um caminhão carregado de mercadorias foi apreendido pela polícia. Entre os produtos existe uma grande quantidade de arroz, leite e papel chamex. 
O empresário Antônio Cordeiro é acusado de comprar a maior parte das cargas roubadas e revender os produtos em seus estabelecimentos.
Pedro Ivo era um dos responsáveis pelo depósito do Supermercado Mateus e o papel dele era facilitar a entrada dos caminhões para levar a carga roubada.

A quadrilha chegou a alugar um galpão no bairro João Paulo para armazenar a mercadoria roubada. 

O caminhão apreendido e os acusados presos foram encaminhados para o Plantão Central do Cohatrac. Eles foram autuados nos crimes de receptação qualificada e organização criminosa.

As equipes da Civil trabalham ainda na madrugada desta quarta-feira (15) para prender os foragidos. Outros funcionários do Grupo Mateus envolvidos no esquema também deverão ser presos.

Apresentação da quadrilha às 15h no auditório da Delegacia Geral, na Avenida Beira Mar
A Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) confirma que apresentará nesta quarta-feira (15),  às 15:00hs, no auditório da Delegacia Geral,  o resultado da operação que culminou na prisão de acusados de furtar cargas do Supermercados Mateus. 

A SSP diz que os criminosos vinham praticando os crimes há pelo menos 06 meses. O grupo foi preso nos bairros do Turu, Vila Esperança, Vila Industrial e João Paulo. 

As investigações contra o grupo já vinham sendo conduzidas pela Polícia Civil, culminando na prisão do grupo nesta terça-feira (14). 

A carga desviada foi encontrada em um depósito clandestino, no bairro do Turu. Os criminosos foram autuados nos crimes de receptação, qualificada e por comporem uma organização criminosa. 

Informações Blog do Gilberto Lima