Homem que matou esposa em João Lisboa continua foragido

O homem identificado como Ronaldo Justino da Silva, que matou a esposa em João Lisboa, a 638 km de São Luís, continua foragido.
Claudene Conceição de Sousa foi morta com dez facadas, no fim da tarde de terça-feira (14), dentro de sua residência, no povoado Centro do Toinho.
Após praticar o crime, Ronaldo Justino fugiu em uma motocicleta em direção à cidade de Senador La Rocque, que fica a 47 km de João Lisboa. A arma do crime foi deixada no local.
Segundo informações de vizinhos, o marido de Claudene vinha agredindo a esposa frequentemente. Devido às agressões, ela teria dito na vizinhança que iria se separar.
A Polícia Militar esteve fazendo rondas pelo povoado, mas o assassino não havia sido preso até a tarde desta quarta-feira (15).
Informações Blog Gilberto Lima