Pastos Bons:Ódio, vingança, traição egoísmo e inveja são ingredientes que podem destruir um grupo político ou qualquer outra coisa.

Maranhão Pastos Bons Política

Em Pastos Bons, a prefeita Iriane Gonçalo tem um dos maiores grupos políticos do médio sertão maranhense e estado. Grupo esse que conta com dois ex prefeitos, entre eles Enoque Mota, que foi prefeito por 8 anos, sendo um dos melhores do estado com vários reconhecimentos por seu trabalho. Enoque teve sua gestão marcada por vários feitos e ainda por ser um grande líder no médio sertão conseguindo mais de 16 mil votos na região quando foi candidato a  deputado estadual em 2014.

Peça chave na articulação da campanha da deputada estadual eleita Daniella Tema na região, onde ela obteve mais de 8 mil. E também por ter sido presidente da associação dos prefeitos do médio sertão.

O outro ex prefeito é o Dr Elizabeth Gonçalo, médico e prefeito por 3 vezes sendo prepulsor de várias obras e investimento fundamentais e estratégicos no município. Atuando na educação, saúde e infraestrutura é um homem respeitado por todos, sem nenhuma mancha na sua carreira política. Na região, obteve mais de 10 mil votos, devido a sua referência como prefeito e como presidente da associação dos prefeitos do médio sertão. Hoje, é conhecido em todo estado depois da sua grande aprovação. O médico e ex prefeito obteve em 40 dias de campanha quase 60 mil votos em todo estado tornando-se suplente de deputado federal com grande prestígio político na região e em todo estado.

O grupo também conta com 8 vereadores, entre eles personalidades de grande história política como o vereador Joselio, líder político do povoado Santa Fé, vereador Dada atual presidente da Câmara com 7 mandatos exercidos e outros vereadores apesar de poucos mandatos possuem grande aceitação popular, como o vereador Jair Baixa Limpa,Ex presidente do sindicato dos trabalhadores rurais.

Reinaldo, que apesar do primeiro mandato, fazia a articulação da campanha de sua mae que exerceu 3 mandatos como representante da região do Anajás e que recentemente venceu a eleição para mesa diretora da Câmara Municipal assumindo em 2019. João Jago, representante da região do povoado Orozimbo, o vereador Marioson, representante dos evangélicos e membro da maior denominação evangélica da cidade. Nagib Gonçalo, com vários mandatos e representante da região do Angical. Meio Kilo, vereador de vários mandatos da região da Várzea do Meio, um dos grandes articuladores político da cidade e conhecedor das artimanhas políticas com grande experiência na casa. Também participam suplentes de peso, entre eles o jovem Siqueira, representante do bairro Santa Maria que apesar de jovem e uma campanha modesta obteve grande votação.

O atual vice prefeito Chiquinho Camapum, que foi vereador por 3 mandatos e o ex vice prefeito Macson Mota, que possui grande prestígio político na cidade. Alem de várias lideranças políticas como o empresário e ex vereador Pinto Piçarra e mais lideranças de todos os bairros e povoados da cidade. Um grupo político gigante jamais visto na história recente de Pastos Bons, mas agora levaremos aos fatos que podem rachar esse grupo e levar diversos membros para oposição.

O blog recentemente fez uma análise detalhada das eleições de 2018 e referiu a votação da oposição como baixa. Mas, vamos voltar a 2014, quando a oposição deu votação menor que a atual, em torno de 900 votos para cada um dos deputados, a oposição tinha 3 vereadores e o ex vice prefeito Neto Barros. A situação tinha um grupo grande, semelhante ao mesmo, mas nas eleições de 2016 a oposição perdeu 2 dos 3 vereadores para a situação. A oposição que até um mês antes das convenções não tinha nomes para concorrer. Daí então aparece o jovem Mateus Mota, filho do empresário Gilson Gonçalo, que com o apoio de apenas 2 vereadores e poucas lideranças políticas numa campanha curta quase vence a situação, perdendo por apenas 87 votos para o atual grupo.

Hoje, devido a uma formação de um novo e atitudes tomadas sem o consetimentos de todos, já sabemos do sonho em curso na situação na formação de um novo grupo, que surge de maneira isolada, com aceitação de poucos do atual grupo da situação, que vem com várias lideranças e desejo de deixar o grupo após essa ideia.

A eleição da câmara municipal vem como exemplo de que a disputa entre dois candidatos do mesmo grupo da situação deixou marcas que dificilmente serão apagadas. Já que vários membros ficaram magoados com partes do grupo da situação. Logo, vários confessaram a esse blog não terem mais o desejo de caminhar juntos em 2020 devido às divergências internas. Vale ressaltar que a oposição teve uma votação baixa nas últimas eleições. Entretanto, existem fatores e elementos que podem mudar neste período até 2020. Lideranças políticas que podem aderir em protesto, outros já confirmaram que foram procurados pela oposição e não descartam a sua ida.

O que é preciso é ter consciência. Hoje sozinho não vamos a lugar nenhum e o jovem Mateus Mota é um forte nome a crescer no cenário político do município. Com conhecimento de diversas lideranças do estado, entre elas o deputado federal André Fufuca, que é o atual presidente do partido Progressista e atual vice presidente da Câmara Federal. O senador eleitor Weverton Rocha que com mais de 2 milhões de votos, tem problemas políticos com membros do grupo da situação e recentemente declarou o apoio à Matheus Mota e que em 2020 vem a Pastos Bons para o palanque dele.

Além de que, todos sabemos do poder financeiro da família do jovem. Se Matheus já está de olho aberto depois da baixa votação a seus candidatos e começou a se articular e corrigir os erros cometidos para 2020. O grupo da situação tem mais motivos para se preocupar, vigiar e marcar seu terreno. As eleições de 2018 foi um exemplo com grupos políticos de grande peso político, vários mandatos e grande poder financeiro foram derrotados por novas lideranças. O Maranhão é um exemplo, pois Lobão, Sarney, Murad, Rocha, Cunha, Macedo e por aí vai Brasil à fora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *