Prefeito e advogados ‘forjam’ acidente para resgatar primo do Governador Do Piauí preso pela PM

Piauí Policial
Relatório policial diz que primo do governador estava fazendo baderna no interior do Piauí.
Prefeito e advogados 'forjam' acidente para resgatar primo do Governador preso pela PM

Viatura danificada após colisão.

O portal local Wdnoticias.com divulgou com exclusividade um relatório no qual o prefeito do município de Paes landim  Gutemberg Moura de Araújo, o ex-prefeito da cidade – Divino Dias, um advogado identificado como Bruno e outro de nome Ítalo Dias, estão sendo acusados pela policia militar de resgatarem o jovem Wesley Dias que foi preso por desacato. O suspeito preso é primo do Governador do Piauí, Wellington Dias (PT), e teria desacatado a ordem de policiais militares que ordenaram que o jovem reduzisse o volume de um paredão de som. Entrentando, se valendo que era primo do governador, o jovem teria xingado os militares no município de Paes Landim (PI). Após ser preso, o jovem era conduzido para Simplico Mendes (PI), quando o prefeito de Paes Landim, o ex-prefeito e pai de Wesley, além de outros dois advogados perseguiram e interceptaram a viatura policial, conseguindo ‘tomar’ o preso dos militares.  Segundo o relatório policial, Wesley estava sendo levado preso pela policia para a delegacia regional de Simplício Mendes quando, foi resgatado em uma verdadeira ‘cena de cinema’.

De acordo com a policia, após descerem dos carros, os suspeitos partiram em direção a viatura, determinando que os policiais liberassem o acusado, os policiais ainda abalados com a colisão, não conseguiram reagir a tempo, sendo surpreendidos por alguém que abriu a porta, retirou o acusado “Wesley” da viatura e o colocou no outro veiculo, saindo ambos os carros em alta velocidade, com destino não sabido e ignorado.

Após o ocorrido, os policiais da viatura que foi abordada e sofreu o acidente então acionaram o Tenente Damata, repassando o ocorrido e este foi até o local socorrer os policiais e rebocar a viatura, após isso, voltaram a diligenciar na busca dos infratores, juntamente com a equipe da Força Tática comandada pelo Ten Damata, só que até o momento não obtiveram êxito em localiza-los.

Veja Abaixo o relatório Policial da ocorrência.

POLÍCIA MILITAR DO PIAUÍ

COMANDO DE POLICIAMENTO DO SEMIARIDO

2ª CIA/14º BPM –SIMPLÍCIO MENDES-PI

RELATÓRIO DE OCORRÊNCIA

Por volta das 18:40h do dia 14/07/2018 (Sábado) a equipe de serviço na cidade de Paes Landim – PI, composta pelo 3º Sgt Monteiro, Cb Hipólito, Sd Edson e Sd Cleyton, foram acionados para atender uma ocorrência de perturbação do sossego público que acontecia no Posto Araújo, ao chegar lá os policiais se depararam com um paredão de som ligando em alto volume, o proprietário do paredão foi identificado como Wesley Dias, proprietário do posto, neste momento os policiais militares advertiram o cidadão e este desligou o som. Por volta das 20:30h os policiais receberam uma nova ligação informando que o paredão havia sido ligado novamente e que continuava a incomodar. Outra vez se deslocaram até o local e lá chegando foram desacatados pelo “Wesley Dias”, proprietário do paredão, com os seguintes dizeres: “Seus policiais de merda, se vocês não podem comprar um som desses, não se incomodem com quem pode”; “Duvido prenderem essa porra seus merdas”; “Vão se fuder seus lisos, eu sou primo do Governador e faço o que eu quiser nessa cidade”. Assim, os policiais militares deram voz de prisão ao individuo por desacato, só que o mesmo resistiu, entrando em luta corporal com o Sd Edson. Em seguida, os policiais militares conseguiram imobilizar o acusado e coloca-lo na viatura, juntamente com o som que causava a perturbação do sossego.

Durante a condução do acusado para a Delegacia Regional de Simplício Mendes, dois veículos começaram a perseguir a viatura policial, que os policiais logo perceberam que se tratava de uma S-10 e uma Hilux, que esses veículos começaram a fazer manobras arriscadas na tentativa de interceptar a viatura policial. Que ao chegar nas proximidades do Povoado Betânia, os dois veículos que seguiam a viatura policial, ultrapassaram de forma brusca, quase que jogando a viatura policial para fora da estrada e em seguida pararam os carros de forma simultânea na frente, fechando totalmente a via nos dois sentidos, que neste momento o condutor da viatura “Sd Edson” tentou frear mas não conseguiu, ocasionando uma colisão com o veículo modelo hilux. Que neste momento desceram várias pessoas dos dois veículos, onde apenas alguns foram identificados pelos policiais, sendo: Gutemberg Moura de Araújo (Prefeito Municipal de Paes Landim), Divino Dias (Ex-Prefeito de Paes Landim e pai do acusado preso), o advogado de nome Bruno e outro de nome Italo Dias, os demais ocupantes dos carros não foram identificados devido a escuridão do local. Que após estes descerem dos carros, partiram em direção a viatura, determinando que os policiais liberassem o acusado, os policiais ainda abalados com a colisão, não conseguiram reagir a tempo, sendo surpreendidos por alguém que abriu a porta, retirou o acusado “Wesley” da viatura e o colocou no outro veiculo, saindo ambos os carros em alta velocidade, com destino não sabido e ignorado. Que após a fuga do preso, os policiais ainda tentaram perseguir os veículos, só que devido o dano causado na viatura ficou impossível alcança-los. Que então acionaram o Ten Damata, repassando o ocorrido e este foi até o local socorrer os policiais e rebocar a viatura. Que após isso, voltaram a diligenciar na busca dos infratores, juntamente com a equipe da Força Tática comandada pelo Ten Damata, só que até o momento não obtiveram êxito em localiza-los.

Era o que tinha a relatar.

Por ser a mais pura expressão da verdade, assinamos o presente relatório de ocorrência policial.

FRANCISCO DE ASSIS GOMES MONTEIRO – 3º SGT PM RGPM 105190743-   HIPÓLITO RIBEIRO LEAL – CB PM RGPM 10.9269-91  EDSON BATISTA DE CARVALHO – SD PM RGPM 10.15247-16  CLEYTON DIVINO SILVA – SD PM RGPM 10.15350-16.

Fonte:https://www.clubenoticias.com/noticia/1761/prefeito-e-advogados-forjam-acidente-para-resgatar-primo-do-governador-preso-pela-pm

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *